image Café e seus blends: torne-se especialista na bebida image De Kaldi à xícara: a história do café

5 formas conhecidas para o preparo do café

preparo do café

Temos visto, ouvido e experimentado muito sobre o café gourmet. Hoje no mercado encontramos inúmeras marcas que antes não existiam. Mas o que é o café gourmet e como prepará-lo? Vamos neste post responder a essas perguntas, enfocando 5 formas conhecidas para o preparo do café.

 

O que é o café gourmet

O café gourmet é todo café produzido com alto padrão de qualidade, desde a colheita até chegar à xícara. São inúmeros os quesitos que o classificam: região produtora, colheita, seleção de grãos, controle de impurezas, grau de torra, acidez, doçura, entre outros. Geralmente o café gourmet também é conhecido como “café tipo exportação”, pois atende aos padrões internacionais de qualidade. No post anterior falamos sobre os blends, que também servem para classificar o grau de qualidade da bebida.

 

O preparo do café

Todo café pode ser preparado de várias formas. Vamos citar 5 conhecidas, e cabe aqui um espaço para qualquer pessoa que tenha uma técnica particular e queira compartilhá-la com a gente (se for o seu caso, compartilhe nos comentários):

 

Café coado

foto_minicoadorPode ser preparado em filtro de pano, filtro de papel ou até mesmo em microtelas metálicas, que são os filtros fixos de cafeteiras elétricas. Para esse tipo de preparo, indica-se um pó moído fino. Também é muito bacana fazer a pré-infusão, explicada em nosso canal no YouTube.

 

 

Café expresso

Espressione_OrionEsse tipo de café é todo aquele preparado com infusão de água quente sob pressão. A máquina pode ser grande, pequena, em grão, em pó ou em cápsulas, que utiliza geralmente uma pressão de 15BAR e água não fervente. Algumas máquinas apresentam 19BAR de pressão, deixando o café com mais creme, no nosso ponto de vista um excesso. Também ouvimos muita gente reclamando que não gosta de café expresso, isso ocorre porque, pasmem, a maioria das cafeterias não busca café de qualidade, elas buscam preços; e café barato geralmente é café ruim. Se utilizado um café de qualidade e a pessoa que extrair a bebida (porque nem sempre é um barista) for bem instruída e treinada, pode muito bem controlar a intensidade do café com mais pó ou menos pó, com um grão menos intenso ou ainda com uma moagem adequada para cada paladar. A moagem para esse tipo de preparo deve ser um pouco mais grossa que a para coador.

 

Cafeteira italiana ou moka

cafeteira-italiana-3-xicaras-tp_529149081284633181fÉ aquele café preparado no fogo com um bule dividido em 3 partes: reservatório de água, peneira para pó e reservatório de café. Nesse tipo, a moagem é ainda mais grossa que a citada acima. Nota-se também que a água é fervida, mas não queima o pó, porque passa por uma peneira. Geralmente o café fica mais encorpado.

 

 

Prensa francesa

c9e713f9cb3658c5b060ce40a4cac500961739822348440125_unnamed_(4)Um método muito saboroso e para quem toma muitas doses ao dia. Esse tipo de preparo deixa o café bem leve, mas sem perder suas características gustativas. Nesse caso, o café é moído bem grosso, parecendo um cascalho, e a infusão da água deve ser feita em torno de 4 minutos.

 

 

Globinho ou sifão

globinhoÉ um método bem peculiar, a moagem do café deve também ser mais grossa, pois seu filtro é bem diferente. O café é preparado em 2 êmbolos de vidro sobrepostos, com um pequeno filtro no meio.

 

 

 

Lembrando que essas são apenas 5 das várias formas de se preparar o cafezinho nosso de cada dia. Mas a principal dica ainda fica: procurem sempre cafés de qualidade, a diferença você sentirá na xícara e no paladar.

 

E aí, já tem ou já escolheu seu jeito preferido de preparar seu café? Conte sua experiência nos comentários. Até a próxima!