image De Kaldi à xícara: a história do café image Torra do café: quando surgem aroma e sabor

8 curiosidades do café gourmet que você precisa saber

curiosidades

Neste post voltamos a falar sobre o café gourmet, mas em forma de curiosidades, que podem ser dicas, mitos, verdades, etc. Para entrar no mundo do café gourmet e se acostumar com os novos aromas que ele traz, é preciso fazer uma evolução de paladar, assim como quando alguém se ingressa no mundo dos vinhos ou cervejas, mas podemos começar primeiro conhecendo certas curiosidades. Informações diversas que envolvem, na verdade, todo o universo cafeeiro. Vamos a 8 curiosidades do café gourmet:

 

1 – A verdade por trás do café extraforte

No dia a dia, ouvem-se muitos clientes pedindo, nas cafeterias, por um café forte, extraforte e/ou encorpado. Nós, brasileiros, fomos acostumados a beber um café muito amargo. Na verdade, os melhores cafés são de aromas mais suaves e adocicados. Não podemos confundir os encorpados com os adocicados. Café forte geralmente usa café ruim, com muita impureza e torrado além da conta. O extraforte é um processo que também serve para esconder impurezas, frequentemente. E tem mais: café de baixa qualidade aumenta a frequência de manutenção de máquinas.

 

2 – Arábica, robusta e a qualidade do café

Tanto em pó quanto em grãos, é possível encontrar uma grande variedade da bebida. São duas as famílias de café mais conhecidas: arábica (subdividida em diversas variedades) e robusta (também conhecido como conilon). A mistura entre eles dá uma combinação infinita de paladares, sensações e até mesmo reações. Os grãos combinados, o grau de torra, a face da montanha em que está plantado o café, a altitude, a qualidade da terra, o índice pluviométrico e o clima e microclima influenciam o cafezinho da xícara. Aliás, até mesmo a mão de quem está preparando influencia. Procure sempre por cafés de qualidade, o mercado está cheio de novidades. Encontre seu paladar.

 

3 – A lenda da não fervura da água

Em alguns preparos do café, a água é fervida sim. Na cafeteira italiana, essa água entra em ebulição, sobe por uma peneira e passa pelo pó. Está aqui um bom exemplo de que o ato de não ferver a água é uma lenda.

 

4 – “A patrulha do açúcar”

Também é lenda não poder tomar café com açúcar. Junto com Isabela Raposeiras, uma das mais renomadas baristas do Brasil, somos contra a “patrulha do açúcar”. Aprecie seu café como quiser. Indicamos sem açúcar somente quando forem colocadas em degustação as propriedades naturais da bebida.

 

5 – Três sensações diferentes na mesma xícara

Muito interessante é tomar o café em intervalos de tempo. Você pode apreciar três sensações diferentes na mesma xícara: com o café quente, morno e frio. Experimente!

 

6 – Café barato é café ruim

Se tem um produto em que a relação de preço condiz com a qualidade, esse produto é o café. Sim, quanto mais barato, pior é. Isso porque, para baratear o custo de produção, é usada muita mistura, cafés não qualificados, descartes de exportação, etc. Para se obter um café de qualidade, é necessária uma seleção criteriosa de grãos, com frutos maduros e características mais nobres.

 

7 – O copinho de água

Mais uma moda sem efeito. A água deve ser tomada para enxágue bucal no ato de degustar um café e avaliar suas propriedades. A quantidade servida na maioria das cafeterias talvez não seja adequada. É mais funcional tomar uma quantidade maior. O café tem o sabor tão marcante que dificilmente o gosto de algum alimento ou outra bebida se sobressai. Exceto produtos com pimenta, menta e hortelã.

 

8 – Café “pelando” e café na geladeira

Mais um desperdício de aromas. A temperatura ideal é de 90oC. Deixando o café esfriar é que se percebem outros aromas. Outra lenda é em relação a guardar o café na geladeira. Alguns produtores até indicam em suas embalagens que se guarde na geladeira, mas aí vai nossa sugestão: vai usar o café diariamente? Então, guarde em lugar seco e de preferência em um recipiente hermeticamente fechado. Usou o café e vai demorar para usá-lo de novo? Aí sim guarde na geladeira, mas só se for demorar mesmo. A geladeira oxida o café e deixa o produto muito gelado, interferindo na temperatura na hora do preparo.

 

Bom, é isso! São tantas as curiosidades que envolvem o café que certamente deixamos de mencionar várias. E você, conhece alguma que não esteja aqui? Conte pra gente nos comentários. Até a próxima!